quarta-feira, 23 de maio de 2007

Apresentação da Lista de Candidatos

«Helena Roseta apresentou hoje, no hotel Altis, a sua lista independente às eleições intercalares para a Câmara de Lisboa de 15 de Julho, que tem como número dois Manuel João Ramos, dirigente da Associação de Cidadãos Auto-Mobilizados.

Além de defender “a democracia participativa como modelo sistemático”, a ex-militante do PS prometeu um “Programa de Emergência” para a capital, que implique restaurar o “direito ao passeio” e “esverdear” a cidade, e propôs que o pelouro do urbanismo seja partilhado por todas as forças políticas.

“Sobre a localização de um aeroporto ou de uma grande infra-estrutura pública a cidade deve ser formalmente ouvida. Quando digo a cidade não é só o presidente da câmara, é a cidade”, declarou.

“É preciso que sejam divulgados todos os estudos que o Governo diz possuir, colocá-los à discussão, encontrar uma forma de participação e de audição dos lisboetas e transmitir essa opinião ao governo central”, acrescentou, sem adiantar qual poderá ser essa forma.

Dar voz aos lisboetas sobre grandes projectos

Questionada acerca da sua posição sobre o aeroporto da Ota, a candidata do movimento Cidadãos por Lisboa respondeu: “Não estou aqui a defender posições pessoais, estou a defender um método e uma posição institucional. Eu tenho uma posição sobre a Ota, mas não vou dizer qual é.”

No seu discurso, que teve tradução simultânea para linguagem gestual, Roseta comprometeu-se a não aprovar “nenhum grande projecto” municipal “sem dar voz aos lisboetas”, e afirmou que “o programa, o orçamento” e “os grandes projectos não podem ser decididos longe dos cidadãos”.

“Quando falo em orçamento ou programa participativo, não é necessariamente um referendo todos os dias”, esclareceu, apontando “métodos de auscultação, como fóruns”.

A presidente da Ordem dos Arquitectos propôs, por outro lado, que o urbanismo seja “decidido por todas as forças políticas”, e recordou que fez “essa experiência” enquanto presidente da Câmara de Cascais, pelo PSD.

“A melhor forma de impedir suspeições sobre urbanismo é fazer com que esse seja um pelouro partilhado por todas as forças políticas”, argumentou, defendendo também que antes de qualquer alteração urbanística sejam publicitados “os seus efeitos sobre o valor dos terrenos abrangidos” e os seus titulares.

Integram ainda a lista dos Cidadãos Por Lisboa (que tem dez mulheres e sete homens) Manuela Júdice, bibliotecária, Maria Cristina Albuquerque, economista e gestora pública, e António Eloi de Azevedo, consultor e docente universitário.

Seguem-se Maria da Graça Rodrigues, ex-conselheira cultural em Washington e Londres, Pedro Milharadas, arquitecto e funcionário da câmara de Lisboa, e Ana Sofia Antunes, vice-presidente da Associação de Cegos e Amblíopes de Portugal.

Sobre a decisão do Tribunal Constitucional (TC) de anular a anterior data das eleições, 1 de Julho, Roseta afirmou que o TC não se pronunciou sobre o seu recurso "não por ter entrado fora de prazo", mas porque o do Movimento Partido da Terra (MPT) "foi apreciado primeiro porque entrou primeiro".»

Fonte: Lusa (excerto)

16 comentários:

Anónimo disse...

existe um denominador comum nas pessoas que integram a lista? é que parece-me que são todos funcionários públicos. não tem mal nenhum ser funcionário... mas são todos??? outra coisa que não entendo, não poderiam colocar um curriculo pelo menos da helena roseta?

Anónimo disse...

Já sei que este comentário vai ser censurado, mas, mesmo assim comento: pobre Lisboa se Helena Roseta ficasse Presidente da Câmara!

fg disse...

Caro Anónimo, pobre porquê?

Paula Cabeçadas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paula Cabeçadas disse...

Aqui não há censura. Mas, pelo menos, podia identificar-se.

ana disse...

sugestão: coloquem a lista dos candidatos e as linhas gerais do programa online.

Pedro de Azevedo Peres disse...

http://www.4shared.com/dir/2775935/47efbbf3/sharing.html


Para quem quiser tomar conhecimento da lista dos candidatos pode seguir este Link:

http://www.4shared.com/file/16488252/28d7ee/Lista_Cidados_por_Lisboa.html

Até melhor solução...

Pedro de Azevedo Peres disse...

Peço desculpa mas não ficou perceptível.

Vou repetir em duas linhas:

http://www.4shared.com/dir/2775935/

47efbbf3/sharing.html

Pedro de Azevedo Peres disse...

Bem e agora enganei-me no endereço.

O endereço para aceder à Lista de Candidatos è:

http://www.4shared.com/file/

16488252/28d7ee/

Lista_Cidados_por_Lisboa.html

Pedro de Azevedo Peres disse...

Para o Programa é usar o endereço;

http://www.4shared.com/file/

16488272/321eb56c/

Programa_Cidados_por_Lisboa.html

Tem de juntar as três linhas sem espaços.

Só para os criticistas de má fé:

a) Quem não tem cão caça com gato;
b) Esta "cidados" e não "cidadãos" porque o produto que gera os endereços não reconheceu o "ã"

Se algo correr mal digam, que eu tento ajudar.

Manuel Maria disse...

Caro Anónimo,

De certeza que não leu todos os comentários existentes no blog, se não, já teria reparado que até hoje não houve censura, a liberdade de expressão é um direito pelo qual nos batemos.

Penso, que só serão retirados comentários que contenham, expressões ou ofensas a qualquer dos candidatos desta ou de outra lista, ou ainda a pessoas ligadas as candidaturas.

A diferença começa aqui, Todos somos livres de nos expressar sem medo de censuras, naturalmente respeitando o principio de que a nossa liberdade acaba quando começa a do outro.

e retomando a pergunta de fg, pobre porquê?

espero sinceramente que Helena Roseta seja a eleita, a bem da Cidade.

Pedro de Azevedo Peres disse...

ERRATA

Onde se lê "Programa" leia-se "compromisso"

O Programa está ainda em desenvolvimento.

Anónimo disse...

ANDO SATISFEITO COM O QUE VEJO E LEIO,HELENA ROSETA È UM SER MORAL!
GOSTEI DO QUE LI,ACREDITO NELA!
VAMOS VER O QUE DIZEM OS PARTIDOS?
TEMOS DE ESTAR ATENTOS É ASSIM EM DEMOCRACIA PARTICIPADA E NÃO EM DEMOCRACIA OU DITAS DEMOCRACIAS MUSCULADAS ,MARCIAIS ,COM TIQUES FASCISTAS,QUE MUITOS CHAMAM DE AUTORITÁRIAS,NAO COMPREENDENDO BEM O QUE FOI O FASCISMO EM PORTUGAL !

Anónimo disse...

Oh anónimo, nem são todos funcionários públicos (e não viria mal o mundo se o fossem) nem há pressa em colocar os cvs, relaxe...

Parece aqueles que tinham tanta pressa e marcaram as eleições para dia 1 de Julho, e depois foi o que se viu.

Isto aqui é um blogue, não é o sítio da candidatura que irá concerteza aparecer brevemente, e onde constará toda a informação da candidatura.

Anónimo disse...

Para que querem CVs?
Isso importa?
Olhem o CV de algumas das maiores fortunas deste país, importou alguma coisa, para as suas vidas!
O que importa é ter ideias e acima de tudo não se querer um emprego, mas um trabalho!
Lisboa precisa de Trabalhadores e não de CV´s óptimos cheios de Dr. Eng. e Prof. e por aí fora.
Queremos é cerebros e gente com vontade de colocar esta cidade na ordem. Que queiram entrar às 8h e sair às 24h se isso for necessário... Gente com alma e vontade de MUDAR LISBOA!!!!

Anónimo disse...

Caro anónimo interessado nos cvs,penso que posso dar-lhe uma ajudinha,percorrendo todo o expectro polìtico mas não de uma sò assentada ,seria fastidioso!
Hoje comecemos pela Caixa DE Previdência e Abono de Família dirigida por uma comissão administrativa cuja presidente é a mãe de António Costa ,Maria Antónia Palla Assis Santos,o MINISTRO JOSÉ António Vieira da Silva,declarou em Maio passado que esta caixa manteria o mesmo estatuto,o que inclui regalias muito superiores ás vigentes na funçao pública--ADSE,SNS e outros subsistemas de saúde!No despacho N`22237/2oo5 (2ª série),o ministro da justiça nomeia para o seu próprio gabinete ,a filha,Susana Isabel Costa Dutra.Há tantos factos como este que eu comecei por aqui! MAS espere por mais e DÊ-me alguns para a troca? POR iSSO EU APOIO ROSETA EM JULHO COM A FACE LEVANTADA!ATè AMANHâ meu caro anónimo e ... QUERO UMA DEMOCRACIA SEM NADA DISTO E JÀ AGORA UMA CÂMARA DIFERENTE!